fbpx
fale conosco! +55 19 4062 8611
Por que fazer o gerenciamento de risco no transporte de cargas?

Em todos os setores empresariais uma das metas é evitar prejuízos, evitar que dinhero seja perdido. Focando um pouco mais no setor de transportes, é um fato que há vários tipos de custos que podem ser evitados, como por exemplo a má armazenagem de produtos. É por isso que o gerenciamento de riscos no transporte de cargas é essencial, visando prever determinados problemas que podem ser evitados ou adiantar como podem ser resolvidos.

 

Este tipo de conduta é indicada para evitar o ganho de prejuízos, fazendo o mapeamento de carga. Para que você entenda melhor quais são os riscos que estamos tratando em transportes, alguns deles são: acidentes nas vias; roubos de cargas; multas; estradas ruins; e o mal armazenamento de cargas citado anteriormente.

 

A essência do gerenciamento de riscos é literalmente prever e antecipar soluções possíveis para os riscos que a sua empresa corre, afinal, nem todos eles podem ser 100% evitados. Tendo uma lista e conhecendo quais são os perigos, fica mais fácil solucioná-los, sabendo para qual setor entregar o problema.

 

Por que fazer o gerenciamento de riscos?

 

Se você ainda não se convenceu de que investir em gerenciamento de risco é necessário, vamos mudar isso. Nenhuma empresa sobrevive sem planejamento, é óbvio que não. Isso é algo universal, todos fazem. Entretanto, acho que é sempre bom estar à um passo a frente da concorrência. Ao fazer o gerenciamento de riscos, você estará.

 

Minimizando seus problemas, seus casos negativos, você irá conseguir diversos benefícios para a sua transportadora. Lembre-se que quanto melhor planejado, menos riscos correrá, além de diminuir o impacto de situações ruins.

 

É um investimento que será feito na transportadora, aumentando seu sucesso na resolução de problemas.

 

Maneiras de gerenciar seus riscos

 

A parte que é mais simples consiste em mapear quais são os seus possíveis problemas. Vamos retomar algumas das ameaças ao seu negócio.

 

  • Atrasos nas entregas;
  • Roubos de cargas;
  • Estradas ruins;
  • Acidentes e violência nas estradas;
  • Multas;
  • Apreensões;
  • Má armazenagem de produtos;
  • Extravios de carga.

 

Para melhorar a execução das rotas, evitar perdas e consecutivamente solucionar problemas, comece a analisar seus problemas. Faça uma análise completa deles, com base em dados já coletados. Por isso é tão importante começar identificando-os.

 

Em seguida, comece a planejar mais estruturadamente, traçando planos de ação. Nesta etapa, você irá construir suas estratégias e já saberá o que será necessário para conter os riscos. Existem algumas ferramentas que podem auxiliar na otimização da frota, mapeamento de melhores rotas e assim por diante. A tecnologia é um forte aliado.

 

Tudo isso o ajudará a aprender efetuar a entrega de acordo com a expectativa do cliente, mesmo que haja problemas no caminho. Gerenciando seus riscos, você irá garantir a entrega de qualidade, evitar que haja atrasos e produtos danificados.

 

O gerenciamento de riscos é um conjunto de práticas que irá ajudar a identificar possíveis problemas que sua transportadora pode ter. O destaque está sempre no planejamento de qualidade, que irá auxiliá-lo a a resolver o que pode ameaçar à sua empresa. Para mais artigos sobre logística, acesse o blog da Online Applications!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *