fbpx
fale conosco! +55 19 4062 8611
O que é cibersegurança? Veja práticas para manter sua empresa segura

Com a tecnologia evoluindo tão rapidamente, uma nova preocupação surgiu para todos que a utilizam: os crimes virtuais. A forma mais simples de se prevenir é a cibersegurança.


O cenário dos crimes virtuais no Brasil não é muito animador. E, pelo contrário, só nos deixa ainda mais apreensivos. Apenas no primeiro trimestre de 2021, cerca de 9,1 milhões de ocorrências de crimes cibernéticos foram registradas no Brasil.


Os dados citados anteriormente são da consultoria alemã Roland Berger, que também expôs que o país é o 5º que mais sofre pela falta de cibersegurança no mundo.


Além desses dados, também estima-se que as perdas globais possam chegar ao marco de U$ 6 trilhões neste ano.


A cibersegurança, de fato, se tornou indispensável para empresas que querem se proteger de crimes virtuais. Neste artigo vamos te explicar ainda mais o que são cibercrimes e ainda mostrar práticas para proteger a sua empresa! Veja só:


A cibersegurança


Provavelmente você já entendeu que a cibersegurança é uma prática que busca proteger sistemas, redes e programas de ataques. Normalmente esses ataques tem como objetivo acessar e corromper informações privadas, roubá-los ou extorquir dinheiro dos donos.


Ao sofrer um ataque hacker, as organizações podem ter perdas financeiras e de sua estrutura de dados, o que pode ser irreversível e causar o fim da empresa.


Já vimos diversas notícias de grandes empresas que foram momentaneamente corrompidas por ataques de hackers. A melhor forma de prevenir que isso aconteça é com a ajuda da cibersegurança.


Os tipos de hackers


Para entender ainda melhor a origem destes ataques que estão sendo cada vez mais vistos no Brasil, é preciso entender a origem dos ataques. Isso porque existem diversos tipos de hackers e motivações diferentes.


Para ajudar a compor a lista, conversamos com André Pelayo, especialista em Segurança da Informação da Online Applications:


  • White Hats: profissionais em Segurança da Informação que usam seus conhecimentos para descobrir brechas de segurança e melhorar a integridade de programas. Podem trabalhar tanto para governos ou empresas privadas. Não oferecem prejuízo para as empresas.
  • Gray Hats: pessoas que usam falhas de segurança em redes. Eles tentam exigir das empresas a realização de soluções para estes problemas, e por isso divulgam essas falhas para o público. Essa divulgação pode trazer prejuízos para a empresa, já que a divulgação delas podem atrair o olhar de outros Hackers.
  • Hackers: grupo que concentra todos os invasores criminosos. Invadem sistemas e podem causar danos financeiros e sociais para empresas.


Agora que você já entendeu quais são as possíveis origens dos ataques, vamos comentar quais são as melhores práticas de cibersegurança para ajudar a sua empresa a se proteger.


Formas de prevenir crimes cibernéticos


Existem diversas formas de proteger a sua empresa e também seus computadores e outros dispositivos pessoais.


De qualquer forma, o ideal para as empresas é possuir um profissional de Segurança da Informação para auxiliar colaboradores e ajudar a prevenir ataques. Mesmo assim, podemos citar algumas práticas que já podem proteger a sua organização.


  • Possua um antivírus de qualidade: estes softwares são criados especificamente para proteger empresas de ameaças. Elas detectam e removem problemas.
  • Utilização de senhas complexas: garantir que suas senhas sejam difíceis de adivinhar pode parecer simples. Mas de fato ajuda.
  • Não clique em links e anexos desconhecidos: muitos golpes são realizados dessa forma. Descarte assim que possível.
  • Não utilizar redes de Wi-Fi desconhecidas: evitar de utilizar redes não seguras ajuda a não se deixar vulnerável a ataques.


Em conclusão, a cibersegurança é uma prática que busca proteger sistemas, redes e programas de ataques. É muito importante conhecer práticas que podem ajudar a garantir a segurança das informações, algumas delas foram citadas neste artigo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *