fbpx
fale conosco! +55 19 4062 8611
Cibersegurança na contabilidade - Online Applications

A cibersegurança na contabilidade é um tema cada vez mais em alta no mundo todo. Isto porque, os escritórios contábeis atuam diariamente com dados sensíveis, muitas vezes armazenados de maneira incorreta, como por exemplo àqueles captados durante as auditorias, nas atividades da contabilidade convencional, perícias, entre outros. 

 

Ou seja, podemos concluir que nenhum setor está imune aos crimes cibernéticos e suas consequências, como é o caso do ciberataque mais recente que acompanhamos, o site da Americanas, em que a empresa ainda segue tentando amenizar seus danos.

 

Portanto, partindo da ideia de que as contabilidades são responsáveis por gerenciar toda a economia de um país ao lidarem com a parte financeira de inúmeras empresas, elas estão passíveis de serem alvos nessa onda de ataques. Acima de tudo, é hora de prezar pelo cuidado e prevenção, melhorando as práticas de segurança e fazendo a diferença.

 

Por que se preocupar com isso?

Em primeiro lugar, os métodos de ataque evoluem continuamente, cada vez mais imprevisíveis. E não importa o quão segura a sua contabilidade seja, sempre há a possibilidade de uma violação de dados, pois cada novo método é pensado justamente para burlar um sistema ainda não violado.

 

Um exemplo muito comum e considerado como básico é o envio de e-mails maliciosos com arquivos infectados. Fazer download do anexo ou clicar em um link pode ser o suficiente para infectar toda a sua rede. Outro exemplo é a própria internet, onde algumas guias solicitam acesso aos dados confidenciais e muitas vezes autorizamos sem nem pensar duas vezes.

 

Diante disso, é preciso entender que ataques cibernéticos podem ser executados por qualquer pessoa, até mesmo inconscientemente, afinal ela pode nem saber que está infectada e transmitindo aos seus contatos. Logo, você também deve se preocupar em proteger sua empresa por mais dois importantes fatores:  

 

• Prejuízo financeiro: A violação de dados é cara, tanto para recuperar seus dados – muitos hackers pedem resgate – mas também pela sua renda, pois muitos clientes podem ficar apreensivos e deixar seu escritório. Na mesma linha, há a dificuldade de conseguir outros clientes e a instabilidade financeira deste período. 

 

• Reputação da contabilidade: Como mencionado no tópico anterior, um ataque cibernético além de todo o prejuízo financeiro, impacta na imagem do seu escritório. Com a internet, uma pequena notícia se espalha em segundos, principalmente as notícias negativas. E nem precisamos mencionar que nenhum cliente confiará seus dados financeiros a um lugar sem credibilidade, não é mesmo?

 

Como garantir a cibersegurança na contabilidade? 

A melhor estratégia é se prevenir. Abaixo listamos algumas das ações que devem ser adotadas. Veja:

 

1 – Faça backup

É indicado a realização do backup em tempo real, mas se não for possível pelo custo elevado, realize diariamente, ou no mínimo uma vez por semana. Ele deve ser feito em nuvem ou em outros recursos, desde que, caso haja uma violação do computador por malware, os backups não sejam impactados. 

 

2 – Reduza o acesso aos dados

Dê acesso aos dados apenas à pessoas realmente necessárias. Dessa forma, se o computador de alguém for violado, todos os dados da empresa não serão comprometidos.

 

Outra opção é segmentar os dados para disponibilizar a sua equipe, ao adotar essa estratégia, cada membro tem a autorização mínima necessária para fazer apenas seu trabalho.

 

3 – Controle as senhas

Exija que todos do escritório alterem as senhas regularmente, utilizando números, caracteres especiais, letras maiúsculas e minúsculas. Isso pode parecer irrelevante, mas é extremamente eficaz.

 

4 – Delete dados irrelevantes

Além dos ciberataques, as violações de dados podem ser extremamente caras com a LGPD em vigor. Por isso, faça uma limpeza periódica para eliminar dados desnecessários.

 

A realização de uma autoavaliação de risco e a adoção de boas práticas de segurança  fornecerá a você o essencial para se proteger. Gostou do artigo? Deixe seu comentário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *