fbpx
fale conosco! +55 19 4062 8611
Logística no Brasil

Somente no ano de 2017, 88,7 milhões de passageiros foram transportados por vias rodoviárias no Brasil. O número disponível no site do Ministério da Infraestrutura só nos mostra o número de passageiros, sem contar todas as partidas que levam produtos a cada dia. Isso só explicita a importância da logística no país.


Sabemos também que o tipo de transporte mais utilizado no Brasil é o rodoviário. Sem parar para questionar se esse fato é bom ou ruim, conseguimos visualizar a dificuldade em criar um sistema que realmente funcione e seja satisfatório para passageiros e cargas.


Foram gastos em investimentos na infraestrutura de transportes somente 2% do PIB brasileiro nos últimos 20 anos, segundo o Confederação Nacional da Indústria (CNI), que em outros países também emergentes chega a ser de pelo menos 5%. Mas mesmo assim, o Brasil tem grande potencial.


Há vários problemas que encontramos quando pensamos em logística, destacando principalmente a parte de ônibus. O grande desafio quando pensamos em transporte, é quando falamos do tamanho do território nacional. O brasil é extenso e isso é um desafio para a logística. No total temos 5 modais que são utilizados no país, vamos mostrá-los para vocês.


Principais modais brasileiros


Quando pensamos em logística, normalmente pensamos primeiro no modal rodoviário. Mas no total existem 5 modelos, que são: Ferroviário, aeroviário, hidroviário, dutoviário e o famoso rodoviário.


Uma boa alternativa para uma mehora no transporte, seria a construção de ferrovias e hidrovias, que hoje ainda são muito pouco exploradas. A região que mais depende de hidrovias é o norte do país.


O ferroviário acaba apresentando o melhor custo-benefício, mas segundo o Confederação Nacional de Transportes (CNT), somente cerca de 21% do transporte nacional é feito por ele. O hidroviário apresenta só 14%.


E sim, o mais utilizado é o rodoviário, com 61%. O aeroviário ainda é muito caro e acaba sendo somente mais utilizado, quando falamos sobre cargas, para produtos que perecem com facilidade. Ele é mais utilizado na região sudeste e apresenta o menor índice de uso, com 0,4%.

 

Problemas enfrentados da logística no Brasil


Você sabia que somente 13,7% das estradas brasileiras são pavimentadas? Pois é, temos 86,3% de estradas de terra no país. A falta de infraestrutura é um dos principais problemas enfrentados pelo setor logístico. Há estradas pavimentadas mas sem qualidade que afetam os caminhões, e sem contar as que são super faturadas.


Falta de conservação das estradas faz com que o transporte rodoviário seja tão precário. Sem contar a poluição, gastos com pedágios e valor alto de combustíveis. É um desafio para quem trabalha com logística e precisa criar planos para diminuir gastos. Estes problemas e muitos outros acabam afetando o mercado – tanto interno quanto o externo.


Pensando agora na extensão do país, é claro que o modal rodoviário não é o melhor. Porém acabamos tendo o maior índice de cargas que transportadas são por meio de rodovias, com destaque na região sudeste, principalmente em São Paulo.

 


A logística no Brasil ainda tem muitos problemas a serem melhorados. Mesmo assim, os lucros relacionados a ela são exorbitantes, mesmo destacando somente o uso para o agronegócio. O país possui um potencial gigantesco para empresas que buscam desbravar o setor. Um dos principais aliados neste desafio é a tecnologia.


Além dos tipos de modais que podem não ser tão lucrativos, um outro problema pode ser o monitoramento das cargas e rastreabilidade de mercadorias. Temos um artigo sobre este assunto! Clique aqui para ler o conteúdo!


Entendeu como a logística no Brasil funciona? Deixe um comentário sobre o que você acha que pode melhorar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *