fbpx
fale conosco! +55 19 4062 8611
Fintech

Tenho o costume de falar sobre tecnologia. O assunto de hoje, por exemplo, envolve inovação e finanças. Uma fintech é uma empresa, geralmente startups, que tem como princípio desenvolver plataformas financeiras.


Este tipo de empresa vem crescendo no Brasil. Segundo a pesquisa Radar Fintechlab, divulgada pelo Valor Investe, o aumento foi de 28% entre junho de 2019 e agosto de 2020. O país saiu de 604 fintechs para 771 no período em questão. Ou seja, foram abertas 258 empresas, e segundo a pesquisa, 92 fecharam as portas. Mesmo assim, o crescimento foi muito representativo em meio à pandemia do novo coronavírus.


As oportunidades do setor financeiro e tecnológico levaram este tipo de empresa a conseguir mais espaço e público nos últimos tempos, como comprova a pesquisa.

Continue lendo para entender mais profundamente o que é uma fintech e seus benefícios.


Conheça as fintechs

 

O termo fintech vem de duas palavras da língua inglesa: financial (de financeiro) e technology (de tecnologia). De qualquer forma, traduzir o termo fintech para “tecnologia financeira” não abranje tudo o que ele diz respeito.


De acordo com o artigo “The FinTech phenomenon: antecedents of financial innovation perceived by the popular press”, a fintech “oferece oportunidades para a criação de novos serviços e modelos de negócios, e apresenta desafios aos provedores de serviços financeiros tradicionais”.

 

Este tipo de empresa tem como base o uso da tecnologia para a automatização das finanças. Ou seja, realmente essa é a principal diferença que elas possuem em relação às empresas comuns. Além disso, se enquadram como alternativas para quem busca maior facilidade e controle dos processos diretamente do seu computador ou celular.


Entretanto, essa proximidade com a tecnologia e inovação faz com que as fintechs sejam repetidamente confundidas com startups.


Startups são empresas que também utilizam a tecnologia como base de todos os seus processos, e possuem o potencial de crescimento rápido. Uma fintech pode ser uma startup. Mas não necessariamente uma startup precisa ser uma fintech, e trabalhar somente com soluções e serviços ligados ao mercado financeiro.


E, com toda certeza, você deve conhecer algumas das fintechs mais famosas no mercado. Normalmente, quando o assunto é plataforma financeira, pensamos que apenas bancos se enquadram na categoria. Porém, não é bem assim.


De acordo com a pesquisa Radar Fintechlab, a maioria das fintechs se enquadram no setor de pagamentos. Em segundo lugar estão as de gestão financeira e em terceiro as de empréstimos.


Provavelmente uma das empresas mais conhecidas no Brasil atualmente, que é uma fintech, é o Nubank, um banco digital. Além dele, também há outras que você provavelmente conhece, como o Picpay e Pagseguro.


Elas são seguras?

 

Respondendo a pergunta, sim. As fintechs são empresas que buscam a segurança de informações como um princípio. Afinal, trabalham com documentos fiscais e dados pessoais que não podem ser perdidos ou vazados.

 

As fintechs precisam seguir uma regulamentação rígida pensando na questão da segurança. Uma das instituições responsáveis por regulamentar a parte financeira é o próprio Banco Central.

 

Quais são os benefícios das fintechs?

 

A tecnologia traz diversos benefícios para a parte financeira. Em geral, as fintechs possuem soluções que facilitam estes processos. Por isso, priorizam o atendimento do cliente, a praticidade, e seus sistemas buscam ser o mais intuitivos possíveis.


Além disso, a há menor burocracia, oferecem preços geralmente menores e trazem a inovação para o dia a dia.


E se você busca por soluções financeiras, o Smart Online é uma opção inovadora que busca entregar uma melhor performance para o setor fiscal das empresas. Oferecemos uma série de benefícios, desde a emissão, busca, armazenamento e monitoramento de documentos com o seu CNPJ.


Para mais informações sobre o Smart Online, acesse o nosso site ou entre em contato conosco!


Em conclusão, as fintechs são empresas, normalmente sturtups, que buscam levar a tecnologia para o mercado financeiro. Elas desenvolvem soluções inovadoras que tem como objetivo transformar vida das pessoas, além de tornar mais simples alguns processos fiscais.


O que achou do artigo sobre fintechs? Conte para nós nos comentários!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *