fbpx
fale conosco! +55 19 4062 8611
Erros fiscais

Trabalhar no departamento fiscal de grandes empresas não é uma tarefa simples. Há diversos erros fiscais que não podem ser cometidos para não prejudicar o futuro do negócio.


Porém, alguns problemas são mais recorrentes e precisam ser resolvidos o mais rápido possível. Uma boa gestão fiscal é necessidade de todas as empresas para não resultar em penalidades ou multas.


Como dito antes, é responsabilidade do departamento fiscal cuidar de uma série de questões complicadas e de extrema importância. Por isso, os gestores devem ser atentos e organizados para evitar problemas financeiros.


Neste artigo vamos te explicar quais são os erros fiscais mais comuns, como evitá-los e a forma como a tecnologia pode ajudar quem trabalha no setor. Continue lendo!


Conhecimento na área fiscal


Em primeiro lugar, sabemos como o sistema fiscal brasileiro é complexo. O profissional que trabalha com a área deve saber quais são as obrigações que devem ser entregues e estar antenado nas mudanças frequentes.


Não entender mais a fundo quais são os impostos que devem ser entregues, pode acarretar em multas pesadas. Mesmo assim, não é somente esso a tarefa de quem trabalha o setor.


Também é fundamental conhecer as finanças da empresa de perto e ajudar a propor mudanças para cortes de gastos com a área fiscal. Além disso, saber criar um planejamento é essencial.


Falta de planejamento tributário


Assim como o tópico anterior, é necessário conhecimento na área tributária para criar um planejamento que permita o corte de custos desnecessários.


Mesmo dentro da lei, é possível pagar menos em alguns tributos com verificação de créditos utilizáveis. Isso evita pagamentos indevidos e perda de dinheiro.


Recuperação de valores


Como dito antes, também faz parte do planejamento resgatar valores e evitar certos pagamentos indevidos. O responsável pela área deve ficar de olho nas possibilidades de compensação.


Carga tributária líquida


Possuir um plano sobre cargas tributárias líquidas também é fundamental. Conhecendo os tributos da empresa, é mais simples para conseguir separar os dois tipos de carga: a líquida e a bruta.


Criação de agenda tributária interna


O planejamento tributário é fundamental, com toda a certeza. A Receita Federal sempre publica uma agenda tributária, porém não são todos os tributos que as empresas precisam se atentar. 


É necessário que haja uma filtragem de quais se encaixam para não precisar se preocupar com multas.


Combatendo erros fiscais com a tecnologia 


Bem como dito antes, o setor fiscal tem grande importância para as empresas. São diversas tarefas que ele precisa se preocupar. Por isso, uma grande aliada pode ser a tecnologia.


Ou seja, com a automatização de certas ações, os trabalhos manuais diminuem. Assim como a incidência de erros. Existem diversas opções de sistemas que ajudam na modernização do setor, como os de gerenciamento fiscal.


Em outras palavras, são diversas atividades que podem ser facilitadas, como a emissão de documentos fiscais. Outros softwares integram os setores e permitem uma automatização geral. Desde as atividades de venda, finanças, contabilidade, estoque, compras e também fiscais. Todas elas melhorando a comunicação entre os departamentos, evitando perda de dados e aumentando a produtividade.


Online Applications trabalha com diversas soluções fiscais para facilitar o dia a dia de empresas que desejam se modernizar. Por exemplo, uma delas é o Smart Online, que otimiza o gerenciamento fiscal dos negócios. Acesse o site para mais informações!



Em conclusão, há uma série de erros fiscais que não podem ser cometidos. Ou seja, para não prejudicar o futuro do negócio com multas pesadas. Assim, quem trabalha na área deve se preocupar com algumas questões como o planejamento tributário. Para mais artigos sobre fiscal, acompanhe o nosso blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *