fale conosco! +55 19 4062 8611
gestão-fiscal-online-applications

Você sabe a diferença entre os documentos fiscais, suas funções e principalmente os termos utilizados? Se ainda tem dúvidas, nós te explicamos tudo de forma simples.

Falaremos sobre termos que ainda deixam dúvidas: a NF-e, a NFC-e, o MDF-e, o CT-e, o SAT, a ECF e o xPed.

Primeiramente, todos estão relacionados ao processo de emissão de notas, aquelas que certificam a compra de um produto ou a realização de um serviço, sabe?

Por isso, é importante entender os eventos ligados ao departamento fiscal e se atentar às obrigações para evitar problemas com o FISCO.

Nota Fiscal eletrônica (NF-e)

A Nota Fiscal eletrônica, conhecida como NF-e, surgiu da nova prática do governo para eliminar burocracias, visto que antes a emissão era feita no papel.

Além disso, ela visa facilitar o dia a dia fiscal, como um documento que gerencia através de diferentes dados, informações de clientes e fornecedores.

Em suma, destina-se à venda de produtos e é representada pelo arquivo XML, que possui uma chave de acesso única para cada NF-e emitida.

xPed

O xPed é a combinação do número e do item do pedido de compra. Dessa forma, compõe um dos campos opcionais para preenchimento na NF-e

Entretanto, apesar de ser uma informação opcional, algumas empresas aceitam apenas as notas que possuem essa informação preenchida.

ECF

ECF nada mais é do que a sigla utilizada para designar o antigo sistema Emissor de Cupom Fiscal, ou seja, a impressora fiscal dos estabelecimentos.

Em outras palavras, ela substituía o processo manual da emissão, e por contar com um Certificado Digital, também armazenava dados.

SAT

SAT é a sigla Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais eletrônicos, ou seja, que documenta os arquivos e operações do comércio de varejo nos Estados brasileiros.

Desde 2014 o SAT substitui a ECF, ou seja, as impressoras de cupom fiscal populares. Assim, com o mesmo ideal da NF-e, o SAT visa facilitar as operações legais dos tributos.  

Sendo assim, o aparelho pode atender mais de uma loja e suas informações devem ser enviadas periodicamente para a SEFAZ.

Nota Fiscal do Consumidor eletrônica (NFC-e)

A Nota Fiscal do Consumidor eletrônica, também chamada de NFC-e, visa substituir o cupom fiscal impresso. A cada venda efetuada, as informações são enviadas para a SEFAZ, garantindo mais segurança e agilidade.

Ela possui a mesma estrutura NF-e, mas com informações relacionadas à venda direta e com menos detalhes.

Conhecimento de Transporte eletrônico (CT-e)

O CT-e é um documento fiscal emitido para documentar a prestação de serviços de cargas para quem faz transporte de mercadorias.

A emissão é obrigatória para empresas com regime de apuração normal, optantes do Simples Nacional e operadores no sistema Multimodal de Cargas.

Manifesto de Documento Fiscal eletrônico (MDF-e)

Primeiramente, o MDF-e deve ser emitido por empresas que prestam serviços de transporte, substituindo arquivos impressos como o Manifesto de Carga modelo 25.

Em resumo, tem como objetivo descomplicar o transporte de cargas, padronizando as operações com um documento para toda a cadeia logística.

A emissão dos documentos fiscais

Para emitir a NFC-e é necessário que o estabelecimento possua um CNPJ, um Certificado Digital e um aparelho de impressão, tudo de acordo com a legislação da ICP Brasil.

O aparelho SAT precisa estar conectado à internet para transmitir as informações em tempo real para a SEFAZ. E, assim como a NF-e, o arquivo XML da NFC-e deve ser armazenado pelo período de 5 anos exigido.

Por isso, é importante para a saúde do seu negócio que você armazene todos os seus documentos de forma segura e confiável, com backups constantes para garantir que não haja a perda de nenhum dado.

Você deve saber que a perda ou o não armazenamento de um documento fiscal eletrônico pode gerar multas e encargos para a sua empresa, por isso é importante ter em sua empresa um software especializado na emissão, monitoramento e armazenamento dos seus documentos fiscais como, NF-e, NF-e de Entrada e NFC-e.

A Online Applications é expert em soluções tecnológicas para o setor fiscal, e em nosso Blog você encontra as melhores dicas para a gestão do seu negócio. Continue acompanhando nossos posts semanais!

One Reply to “Documentos fiscais: Você sabe significa cada termo?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *