fbpx
fale conosco! +55 19 4062 8611
Cibersegurança

Todos sabemos que carreiras ligadas a tecnologia estão sendo cada vez mais requisitadas no mundo todo atualmente. Um exemplo disso é a área de cibersegurança.


Antes de mais nada é interessante destacar alguns dados que comprovam a necessidade deste profissional. De acordo com o relatório apresentado pela Norton Cyber Security, em 2017, ranqueou o Brasil como o segundo país com mais crimes cibernéticos no mundo.


Em outras palavras, a pesquisa estipulou que 62 milhões de pessoas foram afetadas por estes crimes e houve um prejuízo de US$ 22 bilhões.


Justamente o fácil acesso da internet pode ter sido um dos motivos. Da mesma forma, no mesmo ano, o número de smartphones chegou a 236 milhões de aparelhos no Brasil. Surpreendentemente 113,52 para cada 100 habitantes.


Neste artigo vamos te mostrar mais alguns motivos para a importância da carreira do profissional de cibersegurança. Além de exemplificar a sua atuação no mercado e diferenças com outras profissões na área de tecnologia. Boa leitura!


Mas o que é a cibersegurança?


Em primeiro lugar, a cibersegurança pode ser caracterizada por um conjunto de técnicas criadas para proteger sistemas contra ataques. Desta forma dados sigilosos não são expostos.


Ou seja, para evitar que ataques cibernéticos ocorram, é preciso deste profissional. Afinal, computadores, sistemas e smartphones podem estar vulneráveis em alguns momentos.


Em síntese, o objetivo é garantir a segurança: da rede, aplicativos, informações, operacional e dos usuários finais.


Cibersegurança no mundo e Brasil


De acordo com a pesquisa GlobalWebIndex (2019), o Brasil é o 2º país que passa o tempo  conectado em redes sociais.  No notal são 225 minutos diários, em média. Em primeiro lugar ficou as Felipinas, com 241 minutos.


Além disso, o país também ficou em segundo lugar do ranking de mais conectados à internet. De acordo com o estudo realizado em parceria da Hoopsuite com a We Are Social, ficamos conectados por 9h e 29min por dia, em média.


Ou seja, isso tudo nos leva nos preocupar ainda mais com a questão da cibersegurança. Segundo o levantamento produzido pela Roland Berger, apenas em 2021, as perdas globais por cibercrimes podem chegar a US$ 6 trilhões. Sem contar que o Brasil vem sendo um dos principais alvos globais, ocupando o 5º lugar entre os países que mais sofrem ataques virtuais.


Diferenças: cibersegurança x segurança da informação


Primeiramente, a cibersegurança não é sinônimo de segurança da informação. A cibersegurança é uma das partes dela.


Assim como dito antes, o objetivo principal da cibersegurança é garantir a que ataques não aconteçam. Para isso, os sistemas e redes são protegidos, a fim de previnir problemas e ter certeza da segurança de dados.


Em contrapartida, a segurança da informação tenta garantir a segurança de todos os dados de uma empresa. Até mesmo os dados que são físicos e dos colaboradores. Portanto, ela é um pouco mais abrangente em alguns aspectos.


A profissão do futuro


Em vários artigos do nosso blog destacamos a importância da coleta para a tomada de decisões a longo prazo. Ao mesmo tempo, a proteção de dados é fundamental neste quesito.


A cibersegurança é uma das carreiras do futuro e está sendo cada vez mais procurada no mercado. O profissional de TI que se especializar no setor será muito requisitado, pois a área está em crescimento. Se você tem interesse em descobrir outras profissões ligadas a área tech, preparamos um artigo explicando cada uma delas.


Em conclusão, a cibersegurança é um conjunto de métodos para proteger sistemas contra ataques cibernéticos. Assim como o Brasil é um dos mais conectados do mundo, a profissão está em constante aumento.


Gostou do artigo sobre cibersegurança? Tamos mais textos sobre tecnologia no nosso blog, confira!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *