fbpx
fale conosco! +55 19 4062 8611
Você sabe o que acontece se não pagar a GNRE?

Você sabia que não pagar a GNRE pode trazer muitos problemas para uma empresa?


Por isso é tão importante entender como funciona a GNRE e que tipos de empresas precisam emitir o documento, para manter o negócio de acordo com as obrigações fiscais.


Neste artigo, vamos explicar mais sobre o que é este documento, a importância de automatizar a sua emissão e os problemas ao não pagar a GNRE. Continue lendo!


Em resumo, o que é GNRE?


A Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais, conhecida como GNRE, foi criada pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) para facilitar a arrecadação dos impostos no país.


A GNRE foi criada em 2016 para recolhimento de tributos estaduais de contribuintes que vendem produtos para outros estados. Ou seja, a GNRE é uma forma de partilhar o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para facilitar a arrecadação de impostos no Brasil.


E você sabe quem deve emitir este documento? As empresas que vendem produtos para estados diferentes do seu.O recolhimento do imposto pode variar: se o destinatário contribui ao ICMS, ele recolhe; se não for contribuinte, o recolhimento deve ser feito pelo remetente (segundo a Emenda Constitucional nº 87 de 2015).


Quer ver qual é a classificação de empresas que precisam fazer a emissão da Guia? Temos um artigo completo sobre o tema! Clique no título abaixo para ler:


Leia mais: Tudo sobre a GNRE: entenda a importância do documento!


O que acontece se você não pagar a Guia?


Não pagar a GNRE, ou não emitir o documento, pode trazer muitos problemas para a empresa.


Primeiramente, sabemos que quando documentos não são pagos, o Fisco pode aplicar diversas multas na empresa, e ser classificado como sonegação fiscal. Além disso, para que a mercadoria não seja retida ao transitar de um estado para outro, é preciso que esse documento seja emitido.


Leia também: Como emitir a GNRE? Veja aqui um passo a passo descomplicado!


A importância da automação da GNRE


Como dito anteriormente, as empresas precisam sempre se atentar à emissão da Guia. Já que ela obrigatória caso exista o transporte de mercadorias para estados diferentes.


Você sabia que a tecnologia é a principal aliada da área fiscal e logística atualmente? Com ela conseguimos automatizar processos e otimizar o trabalho dos setores. Isso vai desde a rastreabilidade de mercadorias até a emissão de documentos fiscais.


A emissão da GNRE pode ser automatizada com ajuda da tecnologia. Muitos pontos positivos são vistos quando o digital se envolve neste processo.


Podemos citar alguns dos benefícios de emitir a Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais com ajuda da tecnologia. Com ela, diminui-se os processos manuais da empresa. Como sabemos, quando os processos ainda são manuais, a ocorrência de erros é mais frequente. Ou seja, com a tecnologia isso se reduz muito.


Além disso, é possível evitar a duplicidade ao emitir notas, já que elas podem ser emitidas com rapidez e poupar o tempo da equipe.


Pensando em ajudar as empresas a otimizar seus processos, a Online Applications, desenvolveu o BPO para GNRE. A nova funcionalidade do Smart Online permite a emissão fácil das guias.


Com a nossa solução é mais fácil para você, que transporta produtos entre estados, emitir a sua GNRE e não ter problemas nas entregas ou por falta de pagamento.

Quer conhecer como funciona a plataforma? Temos uma página em nosso site repleta de informações sobre o assunto! Para acessar, clique aqui!


Em conclusão, uma empresa pode ter muitos problemas se não pagar a GNRE. Além disso, a tecnologia é uma das aliadas que otimiza o processo de emissão da Guia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *